terça-feira, 7 de dezembro de 2010

OS ESTADOS FÍSICOS DA ÁGUA

Momento de visualização dos estados físicos da água.

 ÁGUA
 TERRA NOVA DO NORTE, AGOSTO DE 2010
TERRA NOVA DO NORTE  - MT
 ESCOLA MUNICIPAL NORBERTO SCHWANTES
OS ESTADOS FÍSICOS DA ÁGUA E SUA CONSERVAÇÃO
                       ORIENTADORA: ELENIR  FANIN 
CURSISTA: SOLANGE TAVARES DOS SANTO SILVA
1º ANO ENSNO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS
 TERRA NOVA DO NORTE, AGOSTO DE 2010 

 OBJETIVO GERAL
 Descobrir, investigar e ampliar o conhecimento sobre a água, seus estados, características e transformações.
 
OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  ·         Adquirir o espírito de observação;
·         Reconhecer que todos os seres vivos necessitam da água para viver;
·         Relacionar as diversas formas de utilização da água;
·         Estimular o desenho e a escrita;
·         Desenvolver a oralidade e a socialização;
·         Discutir sobre o desperdício de água;
·         Observar na prática os estados físico  da água;
·         Citar as diversas utilidades da água;
·         Identificar os estados físicos da água no ambiente natural;
·         Formar hábitos adequados de utilização da água de seu ambiente;
·         Distinguir água potável e água poluída.
 

JUSTIFICATIVA
 
Sabendo se que a água é um recurso essencial para a vida; Sendo necessário a preservação da mesma;   Pois a vida só se tornou perceptível, após o aparecimento da água.
           No início do ano letivo de 2010 procurei  incentivar os meus alunos do 1º ano do ensino fundamental de 9 anos, a trazerem sua garrafinha de água para sala de aula, com a finalidade de mantê-los na sala; Mas em maio do mesmo ano com o início do curso: Elaboração de projetos, coordenado pela professora Elenir Fanin, cada cursista teria que desenvolver um projeto de pesquisa que fosse de interesse dos alunos. Ao retornar a sala de aula dialogamos, mas sempre ficava em destaque a água, os alunos me questionavam porque eles teriam que completar a garrafa de água e não podia derramar e pegar outra gelada? Orientei os mesmo sobre o desperdício, pedi para observar a caixa d água e a escovação de dentes após o recreio, foram vários os questionamentos; Mas muitas das vezes os próprios colegas ao refletirem tinham algumas respostas. Foi assim, por meio de dúvidas e problemas, que o projeto se estruturou. Os alunos queriam dar sentido à água estimulei o surgimento de mais perguntas quando percebi que a conversa poderia ser o pontapé inicial para abordar os estados físicos da água e sua conservação, tendo em vista que desde o início da alfabetização, devemos formar nos alunos hábitos adequados de utilização da água de seu ambiente com a finalidade de evitar o desperdício.
           Foi ai que fiz a escolha do tema, no início senti um pouco de medo, porquanto achava que o tema era complexo demais para a idade deles; (6 e 7 anos). Mas decidi trabalhar o Tema: Água, com o objetivo de descobrir, investigar e ampliar o conhecimento sobre a água, seus estados, características e transformações.
 Por acreditar que a escola é um veículo com grandes poderes de transmissão de pensamento e principalmente auxiliadora no processo de construção de conhecimento, tendo em vista que é fundamental essa construção de conhecimento nas séries iniciais. Podemos sensibilizar as crianças do 1º Ano sobre a importância da água na vida de todos os seres vivos, aprender a não desperdiçar água, sabendo se que os alunos tem o poder de orientar sua própria família.
           Sendo assim temos que dar mais atenção à alfabetização científica no projeto pedagógico, e oferecer uma abordagem baseada na realidade dos estudantes para ir cada vez mais fundo na exploração dos conceitos. "As crianças são grandes observadoras. Ignorar a curiosidade natural é ignorar seus saberes e a importância da Ciência investigativa, ’ pois segundo René Descartes (1596-1650): "A dúvida é o início do conhecimento". Grandes descobertas científicas partiram de questionamentos simples, levantados por crianças.
Porquanto sabemos que até mesmo o meio de comunicação em massa (TV) enfoca que: ‘Não são as respostas que move o mundo e sim as Perguntas’.


DESENVOLVIMENTO

         O projeto de pesquisa com o tema: Água pretende oferecer aos alunos do 1º ano do Ensino Fundamental de nove anos, da Esc. Mun. Norberto Schwantes, à oportunidade de desde o inicio de sua vida escolar criar conceitos e hábitos adequados de utilização da água de seu ambiente, com a finalidade de evitar o desperdício e de respeitar o meio ambiente ao longo de sua vida.
          Para formar o conceito de aprendizagem na clientela foi necessário o uso de diversos procedimentos para atingir o objetivo esperado, como:
·         Definição do tema a ser pesquisado;
·         Elencar as curiosidades dos alunos em relação ao tema;
·         Para que trazer garrafa para sala de aula;
·         Porque temos que completa a garrafinha de água em vês de derramar e pegar outra gelada;
·         Porque a cor da água do colega não é da cor da minha;
·         Levar copos transparentes para sala para os alunos observarem a cor da água;
·         Pedir para os alunos provar a água;
·         Sentir o cheiro d água;
·         Mudar a cor da água com polpas de frutas da realidade (caju);
·         Levar jarra transparente para os alunos encher copos de cristais com água;
·         Observar as características da água;
·         Pedir para os alunos trazerem de rios próximos a sua casa um pouco de água em uma garrafa;
·         Observar a cor da água trazida por alguns alunos, e relacionar com a cor da água fornecida pela escola;
·         Identificar água potável e água poluída;
·         Colocar água líquida em diferentes recipientes e levar para congela;
·         Observar o que acontece com o gelo;
·         Colocar em uma panela de tampa transparente, água para ferver;
·         Observar o que acontece com a tampa;
·         Pesquisa sobre o estado físico da água na internet;
·         Leitura de textos sobre os estados físico da água;
·         Desenho no caderno de campo sobre o que foi observado;
·         Discussão sobre a importância da água na vida de todos os seres vivos;
·         Pesquisar em livros e revistas figura que representam o estado físico da água;
·         Produzir cartaz com as figuras pesquisadas pelos alunos;
·         Conversa dirigida sobre como podemos evitar o desperdício da água em nosso dia a dia.

Disciplinas envolvidas
  Língua portuguesa: Trabalhamos com a leitura e a escrita dos estados físico  da água e ditado de palavras.
 Ciências: Característica da água e os órgãos dos sentidos como: cor, cheiro, sabor da água e manuseio de gelo.
Geografia, Preservação do solo de áreas degradadas.
Ed. Artística. Desenho dos estados físico da água, recortes de livros e revistas dos estados físico da água.
                                                  
 Cronograma
Para realização do projeto de pesquisa procurarei seguir o cronograma abaixo, sem esquecer que o mesmo é sujeito a alterações;
Dias
Atividades
12 - 08
Definição do tema
16- 08
Levantamento de hipóteses
20 - 08
Pesquisa sobre os estados físico da água, com o auxilio da internet;
23 - 08
Observar a água trazida por alguns alunos, de rios próximos a casa deles, e comparar com a água da escola
27 - 08
Levar copos de cristais para sala para os alunos observar a cor da água, provar e sentir o cheiro da mesma


31 - 08
Mudar a cor e o sabor da água com polpas de frutas da realidade (caju)

01- 09
Usar jarra transparente para os alunos encher copos de cristais com água e observar as característica da água (líquida)

06 - 09
Desenhar no caderno de campo sobre o que foi observado
10 - 09
Colocar água líquida em diferentes recipientes e levar para congelar
13 - 09
Colocar em uma panela de tampa transparente, água para ferver; observar o que acontece com a tampa

16 - 09
Pesquisar em livros e revistas os estados físicos da água;

20 - 09
Conversa dirigida sobre como podemos evitar o desperdício da água em nosso dia a dia.


AVALIAÇÃO


O projeto será avaliado pela:
·         Participação dos alunos;
·         Atividades realizadas pelos alunos;
·         Através dos desempenhos individuais e em grupo;
·         Pelo interesse nos assuntos abordados e a partir de suas dúvidas.

               
Conclusão
         Ao desenvolver o trabalho investigativo percebi que o aluno tem muito a nos oferecer, nas aulas práticas os mesmo deram respostas que eu não esperava, ficando claro, que o conhecimento independe da escola e que a criança tem imensa capacidade de aprendizagem. Porque, nessa faixa etária alguma conexão dos neorônios ocorre de maneira mais rápida, possibilitando um aprendizado significativo. Basta apenas direcioná-los de maneira correta sem dar respostas prontas e acabadas, pois é nessa faixa etária que a criança tem mais plasticidade, sendo a capacidade de aprendizagem do indivíduo.
      Essa forma de trabalhar é mais produtiva por que o aluno esta descobrindo algo que ele queria saber. Para o professor é mais trabalhoso, mas também compensador, pois com o aluno motivado o professor consegue fazer com que ele aprenda brincando, tornando o aprendizado prazeroso.
 

BIBLIOGRAFIA

PRADO,Maria  Elizabette  Brisola brito / AMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini (organizadoras)
Elaboração de Projetos: ed. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação à Distância, 2009
PASSOS, Célia / Silva Zeneide
Eu gosto de Ciências: Programa de  Saúde – São Paulo: Companhia, Ed. Nacional, 1996



 

























                     


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário